28.9 C
Nova Iorque
Terça-feira, Julho 27, 2021

Buy now

Jump | Viagem e Turismo

Página? ˅: http://www.turismosalta.gov.ar/

População: 530.000 habitantes

Fuso horário: 0h (horário de Brasília)

Distância de outras cidades: Cafayate 189 km, Buenos Aires 1480 km, Mendoza 1230 km, San Salvador de Jujuy 93 km

O hotel está localizado em um vale amplo e seco no noroeste da Argentina, cercado por altas montanhas verdes. Pulando Na época colonial, era uma parada natural para as rotas comerciais que iam do sul às minas de Potosí, na atual Bolívia. Com a independência da Espanha e a fragmentação dos estados, a cidade entrou em estado de hibernação. Isso encorajou duas marcas indeléveis nos Salteños: um orgulho atávico de sua cultura local e a preservação de seu patrimônio arquitetônico. São dois ingredientes que fazem de Salta um destino turístico muito atraente, mas não são os únicos. As deslumbrantes paisagens montanhosas da região e a próspera indústria do vinho estão certamente na lista de desejos de muitos brasileiros.

O centro nevrálgico da cidade é a Plaza 9 de Julio e sua catedral rococó do século XIX. Lá você encontrará uma tríade de museus – o Histórico del Norte, arte contemporânea e arqueologia de alta montanha – que preenchem um dia com tanta cultura e a contextualização certa da história da região. Entre os destaques dessas coleções estão as múmias incas rituais encontradas no pico Llullaillaco de 6.739 metros de altura, na fronteira com o Chile.

Um pouco além da praça, edifícios históricos do século 19 abrigam outros museus interessantes, como o Museu Provincial de Bellas Artes e sua exposição de arte sacra. Um dos destaques da área é a fachada colorida (para não dizer extravagante) da Igreja de São Francisco e sua vistosa torre sineira.

Para quem ama a noite, a Rua Balcarce tem vários bares e restaurantes com música ao vivo e muita diversão. Para quem prefere passeios idílicos, o confortável e lento Tren de las est Nubes. Em qualquer caso, a velocidade não é importante aqui. As belas paisagens de San Antonio de los Cobres e a travessia do deslumbrante Viaducto La Polvorilla em uma saliência de mais de 200 metros são de tirar o fôlego de todos os pontos de vista. No sentido metabólico de palavra, os viajantes que atingem uma altitude de 4.200 metros podem perder o ar. Mas não se preocupe, existem tanques de oxigênio para quem está sem fôlego.

VINHEDO

Salta não se compara a Mendoza em termos de produção: para cada garrafa que sai daqui, vinte são produzidas no Sul. Mesmo assim, os rótulos são cada vez mais vistos no noroeste da Argentina. Torrontés é a casta quintessencial da região e dá vida a um famoso branco seco e frutado. As outras variedades presentes na região são Malbec, Syrah e Cabernet Sauvignon, todas tintas.

Os vinhedos da região gozam de um clima seco com 300 dias de sol por ano, mas também precisam de altitudes elevadas, geralmente em torno de 1.600 metros, para ter um clima mais ameno. Passeios a casas de produção, bares de vinho e lojas que vendem geléias de sorvete são alguns dos passeios mais recomendados na área.

COMO CHEGAR LÁ

Não há voos diretos entre Salta e Brasil, mas LAN / TAM (www.tam.com.br.) e Aerolineas Argentinas (www.aerolineas.com.ar) têm conexões de São Paulo, Rio e Porto Alegre com conexões para Buenos Aires.

SALTA CAFAYATE KACHI TOUR

Uma das rotas rodoviárias clássicas da região é o triângulo de 500 km entre Salta, Cafayate e Cachi. Este itinerário de 3 e 4 dias leva você por vinhedos, igrejas coloniais, picos cobertos de neve, desfiladeiros Quebrada de las Conchas e cactos endêmicos no Parque Nacional Los Cordones. O primeiro trecho até Cafayate segue a bela Rota 68. Grande parte do longo trecho entre Cafayate e Cachi, que cruza Molinos na RN 40, não é pavimentado, assim como o exigente e íngreme ziguezague da Cuesta del Obispo em RP 33.

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

0FãsCurtir
2,870SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Latest Articles