1660552520 71 Capri as melhores atracoes e roteiros de um dia

Capri: as melhores atrações e roteiros de um dia

Aproveite o nosso guia turístico de Capri para saber como chegar à ilha; como deslocar; o que visitar um dia longe das e como passar.

Capri é uma pequena ilha na escarpa, localizada perto de Nápoles e da Costa Amalfitana, ou sul da Itália. Estância balnear desde a época romana, transformou-se num destino de férias de luxo nos anos 50 e 60 quando celebridades como Jacqueline Kennedy Onassis, Elizabeth Taylor, Sophia Loren e família real do Mónaco colocaram no mapa do “jet-set” internacional.

Formada há algum tempo por duas vilas (Capri e Anacapri) e dois portos (Marina Grande e Marina Piccola) e suas respectivas praias, ainda continua atraindo celebridades e mais de 2 milhões de turistas por ano.

Corsário

Breves informações sobre a ilha de Capri

Capri onda buceta | Na região da Campânia, no sul de Itália, perto de Napoles, Sorrento e da Costa Amalfitana (Google Maps).

População de Capri | 12.903 habitantes (2022)

Quando visitar Capri | Idealmente em Maio, na primeira quindicina de junho ou na segunda quindicina de setembro, porque normalmente está bom tempo e evitam-se como observado.

Quanto tempo ficar em Capri | 1 dia é suficiente para ver as principais atrações da ilha.

Como chegar a Capri

Apesar de Capri ter um pequeno aeroporto aberto nos voos privados e helicóportos, na forma de mais económica de chegar à ilha é em um barco (balsa).

Enquanto isso, há balsas de Sorrento e Nápoles. Uma viagem de Sorrento leva cerca de 30 minutos e de Nápoles cerca de 1 hora.

Durante os meses de verão também há ferries da Costa Amalfitana (Positano e Amalfi), Salerno e Ishia.

Horários e preços das balsas: www.positano.com/en/orario-traghetti (seleção por sua vez).

Rabo: em época alta, convém comprar logo bilhete de ida e tempo sob ou risco de não arranjar bilhete para voltar.

capri, onde visitar

Como se mudar para Capri

As balsas chegam em Marina Grande. Daí pode-se apanhar ou funicular uh treinador para ou centro da cidade de Capri (La Piazzetta), de onda partem autocarros para outros pontos da ilha, como Anacrapi, Marina Piccola, etc.

Carros e motos

Exceto para moradores, os veículos motorizados são proibidos em Capri. É possível alugar carros, mas, na nossa opinião, não se justifica.

Funicular da Marina Grande

É uma maneira fácil de chegar ao centro de Capri. A ópera durou 2 minutos entre as 6h30 e as 23h00, a viagem durou 5 minutos e custou cerca de 2€.

Carros

  • O bilhete único custa cerca de 2 euros e pode ser adquirido nas bilheteiras situadas quer na Marina Grande, quer perto da Piazzetta, quer na Piazza della Pace em Anacapri;
  • Para comprar ou para embarcar dou um caminhão de boceta um pouco corn caro;
  • Um bilhete diário custa 9€ e um número limitado de autorizações de viagem;
  • As vezes pode haver fila nas paragens, porque os autocarros são pequenos, mas normalme não demoram muito tempo a passar.

Táxi

Quem não quer ficar no espaço de um camião, pode apanhar um “Capri-Cabrio”, um táxi com um tello typico desta ilha. Podem acomodar até 6 pessoas, mas cuidado: são muito caros.

Isso não importa

Para explorar alguns dos melhores lugares da ilha, tera de andar bastante a pé. Levantado, a partir disso, calçado confortável.

Corsário

Onde ficar quando visitar Capri

Em Capri, os alojamentos são caríssimos. Todavia, se puder, não hesite em passar aí uma noite. Quando anoitece ea maiorio dos turistas sai, a ilha retorna-se ainda mais encantadora.

Encontrar alojamento em Capri

Alternativamente, você pode ficar em Sorrento ou Nápoles e fazer uma viagem de um dia para Capri.

Encontrar alojamento em Sorrento

Pesquisar alojamento em Nápoles

Mapa de Capri

Clique no botão “play” para visualizar o mapa com os principais locais a visitar na ilha de Capri.

Capri: o que visitar, ver e fazer

Como referimos anteriores, na ilha de Capri tem duas povoações: Corsárioum diretor, e Anacrapimas pequena, situada num ponto mais elevado da ilha, designadamente no sopé do Monte Solaro.

As duas cidades estão a apenas 3 km (cerca de 10 minutos de camião).

As principais atrações de Capri são:

  • Marina Grandeou porto principal, a partir do qual se localiza na maior praia;
  • Marina Piccola, ou porto mas pequeno. Fica no lado ou poste da costa e abriga única outra praia;
  • Caverna Azul (Gruta Azul), uma gruta marinha famosa pelos reflexos azuis produtos pelos raios de luz no mar. Os tours de barco partem do porto de Marina Grande. Osso torre do barco (privados ou em grupo) para dar um salto para ilha tambem partem de Marina Grande, passando por algumas das maiores atrações de Capri, como icónicas formações rochosas ou mar connojas como Faraglioni e ou farol de Punta Carena;
  • A Piazzeta nós Praça Umberto I. Vista do centro da ilha, é a praça principal de Capri, de onde se pode admirar vistas panorâmicas panorâmicas;
  • A uma curta distância, buceta um Via Camerelleuma rua comercial principal, como lojas, restaurantes e hotéis de luxo;
  • Cartuxa de San Giacomoum mosteiro fundado em 1363, que é agora um museu usado para eventos culturais (indo para a Piazza Umberto I);
  • Perto do mosteiro, fique os Jardins de Augustonossos jardins botânicos, de onde você pode desfrutar de belas vistas panorâmicas do Monte Solaro, Marina Piccola e Faraglioni;
  • Via Kruppum caminho pedonal cheio de curvas aberto desde que liga até a área dos Jardins de Augusto em Marina Piccola;
  • Miradouro de Tragara, um dos miradouros panorâmico mas acessível a partir da ilha, com vista para os Faraglioni e Marina Piccola. Buceta em um centro fácil da cidade de Capri;
  • Neste miradouro, gosto ou Caminho do PizzolungoUm trilho fantástico que percorre o lado ocidental desde a ilha até ao Arco Natural.

Em Anacrapi:

  • Cidade antiga por Anacrapi;
  • Igreja de San Michele (Igreja de São Miguel), onde se pode observar um espantoso chão em azulejo, que representa uma expulsão de Adão e Eva do paraíso;
  • Teleférico Monte Solaroum teleférico (em cadeirinhas) que sobe da Piazza Vittoria até ao pico mais alto da ilha;
  • Villa San Michele de Axel Muntheuma casa construída pelo médico e escritor sueco Axel Munthe num dos pontos mais cénicos de Capri e que é connozia pelo seu museu, jardim e vistas;
  • Farol de Punta Carena, situado no extremo mais sudoeste da ilha, é considerado o melhor lugar para assistir ao por do sol em Capri.

O nosso scripturo em Capri (1 dia)

Escolha uma cidade, serva-se de guias especialistas, saiba dos locais mas frequentados por estrangeiros e depois vá no sentido. ~ Dervla Murphy (viajante irlandês)

De manhía cedo, apanhámos um barco em Sorrento para Capri.

Chegados a Corsárioem vez de visitar as principais atrações da ilha, decidimos seguir o conselho de Dervla Murphy e não faz sentido de outra forma, passar o dia diferente da ilha e saber o que não vimos na foto.

Sim Piazzettafomos a pé (45 minutos) comemos no Vila Jovisruínas de uma “villa” romana, construída numa localização espetacular pelo imperador Tibério (14-37 d.C.), sucessor de Augusto.

Em 27 d.C. Tibério estabeleceu-se permanentemente em Capri, onde administrou o Império até sua morte. perídos de todas as residências principais na ilha, sendo a casa Jovis a maior residência de todas e sura principal na ilha.

O caminho ate às ruínas da Villa Jovis est moltonalado-se por las extreminhas, enteiramente pedonais, passando por elegantes mansões, jardins, acampamentos, hortas, limoeiros, tudo muito cuidado, enteranto se vão bem e aproveitando de belas vistas sobre a ilha e o mar incremente azul.

Da Villa Jovis, continuamos a pé, por um trilho no meio do bosque, comemos no Vila Lisi, uma bela mansão “art-nouveau” construída no topo de um penhasco, que foi o refúgio do francês Jacques d’Adelswärd-Fersen. De regressamos às ondas do centro de Capri de darmos uma depois de darmos uma voltinha, comemos as sandes que “creme” de limão.

Depois, apanhámos um caminhão par Anacrapi. Visitámos ou centro da pequenina povoação e descobrimos a Igreja San Michele cujo chão é espetacular, todo coberto de azulejos.

Por fim, apanhámos um caminhão par Marina Grande wave apanhámos nós regresso para Sorrento, ou seja, de barco connoso e recordação de um dia feliz, pendente do que sentimos Capri serenamente, sem nos sentimos opidos pelo turismo de massa.

 


Publicado

em

por

Etiquetas:

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *