DESTINOS

Arraial d’Ajuda | Viagem e Turismo

Se você está procurando um lugar para ligar, um forte candidato está aqui. A areia fofa e a cor calma, límpida e iridescente – uma mistura de azul e verde – fazem do local a combinação perfeita para casais, adolescentes e famílias que procuram um ambiente contemplativo. A praia mais indicada é a de Pitinga. Com uma boa oferta de hostels e charmosas barracas com espreguiçadeiras, o cenário se destaca pelas altas falésias. Para quem não abre mão da paz, Taipe é a região mais deserta e bem preservada do litoral. mas a aldeia não desilude ninguém. Para quem busca mais agitação, a Rua do Mucugê tem bares, restaurantes, lojas da moda e boates. Está sempre cheio, principalmente a partir das 16h.

ONDE DORMIR

Na areia da praia encontram-se grandes hotéis e pousadas geralmente frequentados por famílias. Também há um bom número de hospedagens ao longo da rota que liga a balsa à Rua do Mucugê. Se você ficar neste roteiro, precisará pegar uma van, ônibus, carro ou táxi até as praias mais turísticas como Pitinga e Mucugê, além do centro da cidade. O entorno da Rua do Mucugê concentra a maior parte das pensões para casais. Em todos os lugares, os preços caem até 50% entre março e outubro (exceto julho, mês das férias escolares).

Distribuição do GUIA QUATRO RODAS 2013, o Arraial ‘Ajuda Eco Resort reserva-se livre acesso a Parque Ecológico Arraial d’Ajuda, piscinas naturais, bangalôs de massagem e até restaurante com vista para o rio Buranhém. A Casa Grande de São Vicente está localizada em um casarão colonial a dez minutos da praia. O café da manhã não tem tempo para parar por aqui.

Sob as estrelas eles ainda estão Pousada Beijamarpé na areia, com espaços no centro do banco de areia, entre pontes de madeira sobre a água; OU Maitei, localizado na elegante Rua do Mucugê; e a Pousada Vila do Beco, com ambiente de casa de campo e mirante nas praias de Araçaípe e Pitinga.

A Rua do Mucugê concentra hostels econômicos como Tororão, Caminho do Mar, Robalo e Bucaneiros, mas Maloca Hostel e Arraial d’Ajuda Hostel são as opções mais acessíveis.

ONDE COMER

Na hora do almoço as barracas de praia ficam lotadas (entre elas a melhor opção de comer é o Tenda Nels) A maioria dos restaurantes do Centro funciona a partir das 16h e atrai pessoas para a Rua do Mucugê e arredores. Na entressafra os restaurantes

Peixe está na maioria dos menus, como no Bússola, Não Flor do sal e não Valentino – Lá, o peixe sai do tanque direto para a panela. OU Morena FlorO centro atende os melhores acarajés de Arraial.

Está embaixo da comida lebre que serve sorvete caseiro Paiol, Pão de mel, bolos e pastéis e o Tapiocaria d’Ajuda, tapioca doce e salgada.

COMO CHEGAR LÁ

O aeroporto mais próximo é o de Porto Seguro. A travessia de balsa leva cerca de dez minutos (saídas a cada 30 minutos; a cada hora entre 1 e 7 horas). De carro, pela BR-101, sair em Eunápolis – daí são aproximadamente 70 km até Arraial.

COMO DIRIGIR

As atrações, pousadas, barracas e restaurantes se concentram em dois pontos: Estrada da Balsa e Rua do Mucugê. A Estrada da Balsa é a porta de entrada para quem vem de Porto Seguro e oferece acesso direto à praia. Para chegar ao centro, tanto a praia como a estrada (incluindo a subida da falésia) são longas, mas as carrinhas funcionam o dia todo. Passeie pela Rua do Mucugê e arredores. Para quem fica nas ruas de Alto Mucugê ou Pitinga, o melhor é percorrer as praias com carro próprio.

ITINERÁRIOS RECOMENDADOS

1 dia – É importante conhecer as principais praias da cidade. A partir da primeira praia do bairro, você vai percorrer um caminho que pode ser percorrido em cerca de duas horas a pé, dependendo da velocidade do turista. Blackout Fire, também o mais popular, Pitinga. Durante o passeio, pare em uma das barracas de praia (o donel é uma boa opção) para experimentar alguns peixes frescos. Depois de escurecer, não perca a agitação da Rua do Mucugê.

3 dias – Aproveite mais tempo para   com tranquilidade as principais praias. Vale a pena reservar um dia inteiro Arte, mais bem preservada, a 14 quilômetros do centro e outra em Pitinga. Se você quiser fazer uma pausa dos banhos de sol e do mar, também pode adicionar visitas a parques de ecoturismo ao roteiro. O Arraial d’Ajuda Eco Parque tem enormes toboáguas e o Awaventura, Área com trilhas para caminhadas, arvorismo e tirolesa.

6 dias – Certifique-se de visitar a área. Para chegar a Porto Seguro é só pegar uma balsa. Também é possível fazer excursões de van às belas praias ao sul de Arraial d’Ajuda: Trancoso, Caraíva é Praia do espelho. Se a viagem acontecer entre julho e outubro, Faça um passeio de barco para ver as baleias jubarte. Todas as estações – cuidado com a maré – visite os recifes de coral.

Quando devo ir

O sol brilha o ano todo, mas principalmente entre novembro e março. Durante este período de julho, mês das férias escolares, os preços podem até dobrar. É tranquilo de maio a junho, mas alguns restaurantes e trattorias fecham.

BARRACAS DE PRAIA

Na Praia do Pitinga, o Tenda Faria Possui playground e piscina à sombra à beira-mar, Flor do Sal, espreguiçadeiras, poltronas acolchoadas e um chef argentino que prepara comida tailandesa e moquecas. Na Praia do Parracho, o Cabana Grande Ele reserva mesas, espreguiçadeiras e sofás de madeira em uma das áreas mais movimentadas do Arraial. Bara do Parracho, vende no verão com shows de Axé e promove o carnaval e Feriados de ano novo.

vida noturna

A Rua do Mucugê concentra o movimento. O Morocha Club (73-3575-2611) recebe festas com bandas e DJs de segunda a sábado – o som vai de Tim Maia e dos Beatles à música argentina. Domingo é TA Sushi com apresentações de Forró e ritmos africanos. No verão, festas e luaus acontecem nas barracas.

por Liliane Finco

Você também pode estar interessado em estes posts relacionados:

desbp
desbp

Utilizamos cookies para melhorar a experiência do utilizador. Seleccione aceitar para continuar a navegação. Política de cookies

Ir para cima