Sábado, Dezembro 3, 2022

A paradisíaca ilha de Lampedusa na Sicília

Lampedusa é uma ilha italiana localizada entre a costa da Sicília e a Tunísia, na África, no Mar Mediterrâneo. A ilha pertence com as ilhas de Linosa e Lampione (esta última é desabitada) ao arquipélago das Ilhas Pelágias.

Durante muitos anos, flertei com a ilha como destino de viagem, mas como não conhecia ninguém que lá tivesse passado, continuei a adiá-la. Eu me perguntava: é realmente lindo como vejo nas fotos? Ou é o Photoshop? A única maneira de consertar isso era verificar pessoalmente.

Eu também estava preocupado com a questão dos imigrantes ilegais, que foi amplamente divulgada pela mídia internacional. Vou resolver este problema mais tarde mas digo-vos que não vimos nada !!! A ilha é super tranquila e segura.

Lampedusa foi nossa última parada em nossa jornada pela bela Sicília. Felizmente, porque foi definitivamente o lugar mais bonito que visitamos nesta viagem.

Para ler nosso tour completo pelo sul da Itália, clique na postagem 1 – Introdução à Sicília e Malta.

DSC_2253

DSC_2191

Como você conseguiu

Pegamos um voo da companhia aérea Alitalia para Palermo, na Sicília. O vôo durou apenas 45 minutos e o avião não é exatamente um Teco-Teco, mas é um daqueles pequenos aviões a hélice. Observação: a Alitalia não oferece mais voos neste trecho Palermo / Lampedusa. Verifique com as companhias aéreas MistralAir e DAT (Danish Air Transport).

Para sair de Lampedusa, voamos para Milão com Volotea (2h). Volotea também oferece voos para Lampedusa / Veneza. O avião era maior. Sempre me lembro de rastrear a franquia de bagagem para todos os segmentos que pegamos neste voo, especialmente as companhias aéreas de baixo custo, pois tínhamos que fazer compras para cada peça de bagagem despachada. Sabendo disso, nós dois fizemos uma mala compacta para os 18 dias de viagem com peso de 20 kg e compramos uma peça de bagagem despachada para cada voo (o preço varia entre as empresas). Todas as empresas geralmente permitem uma bolsa de 8kg (mas verifique as regras específicas para cada uma).

Voos – Existem voos de várias cidades italianas como Milão, Veneza, Palermo e Catânia. Para verificar quais companhias aéreas voam para lá e de quais cidades, use o site FlyLc.com. É excelente! Você insere o local de partida e de destino e o site informa quais companhias aéreas atendem a esse segmento. Chegamos na ilha de Alitalia (saímos de Palermo) e saímos da ilha de Volotea (rumo a Veneza); A ilha tem 20 voos diários no verão.

Balsas – Existem balsas (traguete) de Siremar de Palermo na Sicília ou de Porto Empedocle para Agrigento na Sicília (eles levam cerca de 8 horas e transportam carros) ou balsas mais rápidas (Aliscafo) apenas para passageiros que partem de ‘Agrigento na Sicília (4 horas) através das linhas da cia Ustica. As balsas de Agrigento param em Linosa antes de chegar a Lampedusa. Mais informações em www.lampedusa35.com.

DSC_3664

DSC_3577

Chegamos tarde a Lampedusa (por volta das 21h) e o traslado de nosso hotel La Rosa dei Venti Club estava nos esperando com uma pequena placa com o meu nome.

Em menos de 10 minutos chegamos ao hotel de carro.

A ilha é muito pequena, então você pode dirigir de um lado para o outro em cerca de 10/15 minutos. Por isso lá se usam muito scooters e bicicletas, mas preferimos o conforto do carro (alugamos diretamente no nosso hotel).

Ou dormir

Nós estivemos na ilha por 4 noites e 4 dias inteiros. Como a ilha é pequena podemos fazer tudo em 3 dias mas era o fim da viagem e não queríamos ter pressa. Tivemos tempo para curtir as praias e a área externa do nosso hotel com uma deliciosa piscina. Sem falar nos diversos relatos espalhados por todo o imóvel! Prazer! Para ver a avaliação completa do hotel, clique em La Rosa dei Venti. Fizemos a reserva diretamente com o hotel, mas você também pode reservar através do Booking.com ou, se preferir, do Hotels.com. Para ler a avaliação completa do hotel, clique em La Rosa dei Venti. O hotel está aberto de maio a outubro.

Clique aqui para explorar outras opções de hotel / apartamento em Lampedusa.

 

Se gostou das nossas dicas, ajude-nos a manter o blog a funcionar fazendo uma reserva através dos links fornecidos. Recebemos uma pequena comissão e você não paga nada mais por ela!

DCIM319GOPRO

como podemos dar a volta

É possível explorar a pequena ilha de scooter ou bicicleta, mas alugamos um carro diretamente no nosso hotel. Nossa reserva de hotel incluía quarto + café da manhã + scooter, mas pagamos um adicional de 25,00 euros por dia pelo direito ao carro. Aplicação da ilha

DSC_3037

Restaurantes

A maioria dos restaurantes pode ser encontrada na Via Roma (apenas para pedestres) ou nas proximidades, bem no centro da ilha, perto do porto. Jantamos da seguinte maneira:

• Trattoria Terranova – esta trattoria é uma delícia e fica a dois minutos a pé do nosso hotel. O jantar sem vinho mas com antepastos custa 40 euros para duas pessoas. A massa caseira é excelente e os antepastos são muito variados, incluindo polvo e outros mariscos.

• Azzurra – na Via Roma, Bom e Barato.

• Glenadin – na Via Roma, bom, barato e com excelente wi-fi.

• Il Saraceno - magnífico! Nós comemos em uma bela varanda com vista para o porto ao entardecer. O jantar com vinho para 2 pessoas custou 70,00 euros.

DSC_3278

melhor tempo

A melhor época para visitar a ilha é da segunda quinzena de maio à primeira quinzena de outubro. Evite agosto porque a ilha está cheia! ! ! Visitamos a ilha de 16 a 20 de junho e foi maravilhoso! Muito quente durante o dia, muito fresco à noite (precisava de um casaco). Passamos dois dias com muito vento, mas nada atrapalhou as visitas.

DSC_2210

Quanto tempo

Em 3 dias é possível saber tudo em paz. Mas se você quiser relaxar e também fazer passeios de barco, recomendo 4 a 5. Ficamos 4 dias repetindo várias praias, fizemos um passeio de barco mas não fizemos a excursão até a ilha de Linosa.

As mais belas praias Cala Pulcino

- Existem duas formas de acesso a esta praia: existe um caminho que passa por uma

DSC_3690

DSC_3686 Praia do Coelho – É a praia mais famosa da ilha, eleita a mais bonita da Europa pelos leitores do TripAdvisor. Para chegar lá é preciso caminhar cerca de 10/15 minutos em um caminho bem demarcado (descida e subida novamente). No início do trajeto há um estacionamento e um quiosque com comidas e bebidas (não há absolutamente nada para comprar na praia, então traga lanche e água). No meio do caminho existe um miradouro com uma vista deslumbrante! ! A praia fica aberta à visitação das 8h30 às 19h30, pois é uma reserva natural onde as tartarugas desovam nas noites de junho a agosto, justamente no verão. É uma bela praia de areia branca e por causa das tartarugas em parte da praia, o uso de barracas (guarda-chuvas) é proibido. Em frente à praia fica a Isola dei Conigli, o cartão-postal de Lampedusa. O acesso ao isolamento é proibido. Tem muitos pássaros lá. Existem trilhas para caminhadas nos lados direito e esquerdo da praia que oferecem vistas incríveis! O da direita leva a Cala Pulcino (acima) e o da esquerda leva a Tabaccara com uma bela vista dos “barcos voadores” (veja abaixo). Em qualquer caso, é necessário caminhar com cuidado sobre as rochas e muitas vezes ao longo da beira das falésias. Achei divertido porque dá para ver cebolas roxas enormes (muito !!) e uma quantidade enorme de grilos pelas trilhas! Durante os 4 dias que estivemos na ilha, vimos também 2 pequenas cobras nessas trilhas. Os barcos não são permitidos no Spiaggia dei Conigli. É incrivel! Também achei interessante que tenham sido colocados potes à disposição dos fumadores para aí depositarem as suas bundas para que não caíssem na areia. Visitamos esta praia durante 3 dos 4 dias que estivemos na ilha e apenas um dos dias em que houve medusas (em italiano: Meduza). São trazidos em grandes quantidades pela corrente do oceano, mas, ao chegar, desaparecem algumas horas depois.

DCIM318GOPRO

DCIM319GOPRO

DSC_3693

DSC_2761

DSC_2464

DSC_2423

DSC_2478

DSC_2354

Tabaccara (barcos voadores) – Partindo do caminho que desce do lado esquerdo da Spiaggia dei Conigli, é possível chegar à zona conhecida como Tabaccara, onde o mar azul dá a impressão de que os barcos estão a nadar! É por isso que se diz que deste caminho se avistam os “barcos voadores”. O visual é incrível! Mas você não pode ir ao mar, é apenas uma maneira de pensar. Em seguida, voltamos para Spiaggia dei Conigli.

DSC_3619

DSC_3618

DSC_3561

DSC_3590

DSC_3593

Cala Madonna – baia muito bonita com águas super claras e calmas mar.

DSC_2537

DSC_2538

Portu`ntoni – entre Cala Madonna e Cala Groce. Há um restaurante no local.

Cala Croce – outra baía com mar calmo e transparente. Possui estrutura de barraca e restaurante.

DSC_2543

DSC_2693

Praia de Guitgia – bela praia de areia branca e mar muito azul. está muito perto de Porto Vecchio.

DSC_2152

DSC_2154

DSC_2676

Caverna do Mar Morto – lindo e incomparável! Descobri graças ao app Lampedusa, passamos horas lá sozinhos e curtimos essa magnífica caverna. Para chegar lá, são necessários apenas 5 minutos para caminhar sobre as rochas.

DCIM320GOPRO

DCIM320GOPRO

DCIM320GOPRO

DSC_3405

Cala Maluk – está localizado na área próxima ao aeroporto. Entrada de água clara e calma. A praia é muito pequena.

DSC_3538

Outras praiasAtracções turísticas: Cala Crète, Cala Francese e Cala Pisana. Visitamos essas praias no final do dia e acho que é por isso que elas não nos pareceram tão atraentes. Em qualquer caso, eles são bonitos ao mesmo tempo com mais sol.

Passeios de barco

  • Passeio de barco pela costa da ilha – Fizemos uma viagem de barco do nosso próprio hotel que foi muito bom! O barco é muito grande e confortável, com muitas espreguiçadeiras no convés. O horário do passeio era das 10h30 às 17h30 e o barco fez várias paradas no litoral da ilha, notadamente em Tabacara. O almoço servido a bordo foi excelente. Também foi servido um carpaccio de atum com parmesão, um filé de caça, uma deliciosa massa, berinjela apimentada, acompanhada de prosecco e vinho branco, e foi servida uma sobremesa típica local. O barco possui bóias, máscara de snorkel, banheira, ducha de água doce.

DSC_3038

DSC_3080

DSC_3017

DCIM320GOPRO

DCIM319GOPRO

  • Ilha de Linosa e Lampione – a viagem de barco para Linosa dura 1 hora. Nós não fizemos este passeio, mas foi dito que valeu a pena. As praias são rochosas e não arenosas como em Lampedusa. A ilha de Lampione é desabitada. Há um passeio para ver os golfinhos. Várias agências da Via Roma vendem esta excursão de barco ou no porto da ilha.
  • Mergulho – vimos agências de mergulho na Via Roma. Deve ser maravilhoso mergulhar em águas tão cristalinas.

Atrações

• Porto Belvedere – no início da Via Roma existe um mirante com uma bela vista do porto da ilha.

DSC_2137

DSC_2141

• Via Roma – rua pedonal onde se concentram os restaurantes, lojas e bares da ilha.

• Portal para a Europa

DSC_3533

• Museu dos arquivos históricos da ilha – localizado na Via Roma

DSC_2970

• Centro de recuperação de tartarugas

• Strada Panoramica – atravessa a maior parte da ilha e conecta Capo Grecale com Ponente, a costa marítima.

DSC_2566

DSC_2552

• Farol Capo Grecale

• Santuário da Madonna di Porto Salvo

Observações gerais:

  • Existem dois postos de gasolina na ilha. Para dar a volta à ilha durante os quatro dias, gastámos apenas 15,00 euros com gasolina;
  • Certifique-se de baixar o aplicativo “Lampedusa” (gratuito) – o aplicativo contém tudo o que você precisa saber sobre a ilha;
  • Existem vários supermercados na ilha, incluindo um Carrefour no caminho para o nosso hotel;
  • Leve sempre água e lanche com você (poucas praias são estruturadas);
  • Protetor solar e chapéu são essenciais;
  • Eu recomendo trazer repelentes para casa. Não tínhamos nenhum problema com os mosquitos lá, mas tínhamos dias de muito vento. Sem vento creio que haja mais insetos pelo que vi por lá (até o nosso hotel tinha repelente de parede no quarto e essa tela que cobre a cama para proteger contra insetos);
  • Calçado adequado: A melhor opção de calçado é o papete, pois muitas vezes temos que caminhar sobre as rochas até para entrar no mar. Evite chinelos (tipo havaiano). Você bate neste tipo de rota e é perigoso. Meu papete é uma marca Timberland muito antiga. Meu marido comprou um em Favignana por 50,00 euros. É muito mais fácil de encontrar na Europa (eles usam muito lá).
  • As medusas (chamadas de Meduza pelos italianos) são comuns em todo o Mediterrâneo. Se você chegar a uma praia e ninguém estiver na água, provavelmente é porque as águas-vivas estão presentes. Não se preocupe! Pelo que vimos é uma corrente, assim que chegar, logo irá embora. Muitas vezes havia água corrente e a cem metros dele não havia nenhuma.
  • Curiosidades: Há muitos grilos na ilha, principalmente nas trilhas. Nós também vimos cebolas vermelhas enormes no caminho para o Spiaggia dei Conigli. Os japoneses consideram o atum da ilha um dos melhores do mundo.
  • Recomendo trazer um casaco à noite, quando a temperatura na ilha era boa o suficiente. Em junho, faz muito calor durante o dia.
  • Existem poucas pessoas que falam inglês no sul da Itália. Mas como o italiano também é uma ilha do latim, falamos português ou espanhol com eles e eles respondem uns aos outros em italiano e no fim nos entendemos! A opção de imitação também funciona.
  • Pôr do sol: Em junho, o sol se põe às 20h20. Algo para ver !!! Melhor ponto: algures na Strada Panoramica, que atravessa quase toda a ilha e liga Capo Grecale a Ponente, mas perto de Ponente.

DSC_3237

DSC_3241

DSC_2955

DSC_2925

imigrante

Quem acompanha os jornais já viu as reportagens sobre imigrantes ilegais que chegam com certa frequência da África de barco às ilhas de Lampedusa e Sicília. Esta é uma questão internacional muito sensível, à qual os meios de comunicação (na minha opinião) não prestam atenção. Admito que tive medo do que iria encontrar lá e não vi nada !!! Infelizmente, a mídia frequentemente publica histórias de uma forma que prejudica o turismo na ilha, que diminuiu 35% nos últimos anos. Mas a verdade é que os barcos chegam com os imigrantes e a guarda costeira imediatamente os apanha e leva para uma esquadra da ilha, onde são registados e recebem alimentação. Depois são enviados para a Itália continental – Roma, Milão, Bolonha, etc. Você não vai ficar na Ilha de Lampedusa, afinal é uma ilha muito pequena que torna isso impossível.

DSC_2488

DSC_2240

DSC_3649

DSC_2462

Fiquei realmente maravilhado com tudo o que vi durante os quatro dias que passamos nesta ilha paradisíaca no Mediterrâneo. Não é à toa que Spiaggia dei Conigli é considerada a praia mais bonita da Europa e a terceira mais bonita do mundo. Eu recomendo!!

Questões relacionadas:

Hotel Lampedusa: The Compass Rose

Artigo 1 – Apresentação da ilha da Sicília e Malta
Estação 2 – Tropea e Capo Vaticano
Estação 3 – Taormina e Castelmola
Artigo 4 – Ilhas Eólias
Artigo 5 – Malta
Postagem 6 – Favignana, Levanzo, Marettimo e Erice
Posto 7 – Reserva Natural San Vito Lo Capo, Zingaro, Scopello e Castellmmare del Golfo
Postagem 8 – Lampedusa

Comentários de hotéis em Malta: hotel valentina
Avaliações do Hotel de Taormina: Villa Carlotta and Villa Ducale.

Você também pode ler :

Cassis, sul da França
Sardenha, Itália
Costa Amalfitana, Itália
Capri, Itália
Zakynthos, Grécia
Milos, Grécia
Kefalonia, Grécia

Related Articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

0FãsCurtir
3,589SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Latest Articles