6 filmes que você precisa ver antes de cair na estrada

Quem nunca sentiu, em alguma fase da vida, aquele comichão de jogar tudo pro alto, arrumar as malas e sair pelo mundo afora? Caso você ainda não tenha sentido essa vontade louca de viajar sem destino, não se preocupe, eu garanto que mais cedo ou mais tarde ela bate à sua porta.

Dito isso, procuramos elaborar uma lista contendo filmes de drama, aventura e até comédia para mostrar como o cinema trata essa busca do ser humano por algo além da rotina estressante que vivemos. São filmes que possuem certa carga inspiradora e podem ser o pontapé que faltava pra você largar tudo e partir sem rumo por aí.

1 – Na Natureza Selvagem (Into the wild, EUA, 2007)

371062Começando com o pé na porta, temos o filme que talvez seja meu preferido da lista. Baseado na história real de um maluco chamado Christopher McCandless (que por si só merece um post aqui no blog), ‘Na Natureza Selvagem’ conta basicamente a história de um cara que larga tudo após se formar na faculdade e parte para uma viagem solitária pela América do Norte, rumo ao Alasca. O filme é dirigido por Sean Penn e possui cenas visualmente incríveis, uma trilha sonora caprichada (Eddie Vedder, do Pearl Jam bastante inspirado) além de uma história com um forte cunho idealista, afinal Christopher sai de baixo das asas dos pais por acreditar que o capitalismo que eles ostentam não é a maior riqueza que o homem pode ter. Filme ideal para alimentar aquele(a) aventureiro(a) heróico(a) que vive em algum lugar dentro de você.

2 – Central do Brasil (Brasil, 1998)

20fev2013---vinicius-de-oliveira-e-fernanda-montenegro-em-cena-do-filme-central-do-brasil-1998-1361467730288_956x500Preenchendo a cota de filme brasuca da lista, ‘Central do Brasil’ é um exemplo de como o cinema nacional pode, sim, ser muito bem feito. Dirigido por Walter Salles (que curiosamente possui outro filme nessa lista), a história acompanha a amizade improvável entre uma mulher mais velha e uma criança em uma viagem pelo sertão nordestino. Interpretados respectivamente (e magistralmente) por Fernanda Montenegro e Vinícius de Oliveira, o filme mostra ao mesmo tempo a busca do garoto pelo seu pai e a busca da mulher por uma segunda chance. Além disso, é um retrato quase fiel das dificuldades enfrentadas pelas pessoas que migram pelo país em busca de condições melhores de vida. O filme é tão bom que rendeu duas indicações ao Oscar (melhor filme estrangeiro e melhor atriz para Fernanda Montenegro). Bateu na trave.

3 – Thelma & Louise (Thelma and Louise, EUA, 1991)

thelma-and-louise-ftrDeixando um pouco de lado a carga dramática dos filmes anteriores, Thelma & Louise é um filme daqueles em que tudo dá errado e a gente se diverte. A premissa é simples: uma garçonete (Susan Sarandon) e uma dona-de-casa (Geena Davis) decidem chutar o pau da barraca e abandonar a vida monótona que vivem. Decididas, as amigas pegam a estrada sem rumo em busca da felicidade. Mas o que parecia ser uma simples história de desapego acaba se transformando em uma confusão. Isso porque elas acabam cometendo um crime que desencadeia um efeito bola-de-neve. De duas amigas em busca de aventuras elas se tornam fugitivas procuradas pela polícia. Elas fogem até o México passando pelas estradas norte-americanas. Dirigido por Ridley Scott (o cara por trás de ‘Gladiador’), o filme mostra como uma ‘pequena ação’ pode resultar em consequências absolutamente fora de controle.

4 – Eurotrip – Passaporte Para a Confusão (Eurotrip, EUA, 2004)

600full-eurotrip-screenshotSe o filme anterior é uma comédia sutil, Eurotrip é aquele tipo de filme ‘escrachado’. Há quem não goste desse tipo de humor (besteirol), mas nesse caso em específico ele funciona e bem. A história parte de um mal entendido entre um garoto e sua namorada virtual – que mora na Alemanha. Quando descobre que cometeu um engano, ele decide ir até Berlim para resolver a situação. Acompanhado de seus amigos, o rapaz parte em uma jornada que passa por Londres, Paris, Amsterdan, Bratislava, Berlim e Roma. O filme flerta com o politicamente incorreto o tempo todo com direito a gozação com o Vaticano, pegação entre irmãos (gêmeos), praia de nudismo, tarado no trem e o estado financeiro dos países do leste europeu. Um filme que mostra, com os abusos que uma comédia permite, como é divertido viajar com uma turma de amigos.

5 – Diários de Motocicleta (diversos países, 2004)

motorcycle_diariesSegundo filme do diretor Walter Salles na lista, Diários de Motocicleta é um filme baseado no livro de memórias escrito por Ernesto ‘Che’ Guevara, ícone da Revolução Cubana da década de 50. A narrativa ‘esquece’ o homem que viera a se tornar um símbolo (inclusive de estampa de camisetas) e foca no Ernesto Guevara de 23 anos. Um jovem estudante de medicina que parte em uma jornada pela América Sul ao lado do melhor amigo Alberto Granado. A cereja do bolo é o fato de grande parte da viagem ser feita a bordo de uma moto, a motocicleta do título. O filme possui momentos belíssimos e escancara os problemas que os países sulamericanos viviam em termos de saúde, economia e educação. A história de Ernesto contada no filme é uma carta de amor à América do Sul, mesmo com todos os defeitos encontrados pela dupla em sua jornada. Um ótimo roadmovie que trabalha na essência o que é viver a experiência de um mochileiro por essas bandas.

6 – O Caminho (The Way, EUA, 2010)

The-Way-007O último filme da lista é também o mais desconhecido. O que é uma pena. ‘O Caminho’ é um filme de 2010 que conta a história de um médico americano (vivido brilhantemente por Martin Sheen) que vai até a França recuperar o corpo do filho morto durante a peregrinação do Caminho de Santiago de Compostela. Devastado, o pai decide refazer os passos do filho para entender suas motivações e honrar sua memória. A viagem se torna uma jornada espiritual e de autodescobrimento. A história é realmente inspiradora e retrata a importância da família e dos amigos durante os desafios que enfrentamos na vida. O tradicional Caminho de Santiago, ou ‘Way of Saint James’ é percorrido por peregrinos do mundo todo, mas as motivações não são necessariamente católicas. Filme que recomendo para todos aqueles que buscam entender a diferença entre a vida que vivemos e a vida que escolhemos viver.

——————————-

Essa é a lista dos filmes que indicamos para aqueles em busca de inspiração ou de bons filmes que retratam viagens. É claro que há outros bons filmes de fora dessa lista, mas quem sabe em listas futuras eles não entrem? Boa jornada a todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s